Sexta, 22 de Outubro de 2021 20:22
67 992267546
Geral Mato Grosso do Sul

Confeccionado por detentos, 1º parque de pneus do interior será inaugurado em Aquidauana nesta sexta-feira

Nesta semana, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) entregará o primeiro parque de pneus no interior de Mato Grosso...

07/10/2021 06h35
9
Por: thiago Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Divulgação
Divulgação

Nesta semana, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) entregará o primeiro parque de pneus no interior de Mato Grosso do Sul. A escola contemplada será o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Ademir Brites, em Aquidauana, e a inauguração acontecerá nesta sexta-feira (08), às 8h30.

Confeccionados por internos do Estabelecimento Penal "Jair Ferreira de Carvalho", o trabalho é resultado da parceria entre a Agepen e as secretarias de Educação de Campo Grande (Semed) e de Aquidauana.

A ação integra o “Arte com Pneus”, idealizado pelo agente penitenciário Vinícius Saraiva e o técnico da Semed, Felipe Augusto da Costa. Com início em 2017, o projeto transforma pneus em opções de recreação e aprendizado aos alunos, unindo a sustentabilidade em prol da educação infantil.

Até o momento, já foram entregues 20 parques instalados em unidades educacionais infantis. Na Capital, as peças são instaladas, ainda, por custodiados em regime semiaberto do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira.

Em Aquidauana, o primeiro parque homenageará a professora Nely da Silva Ferreira, que atuou na unidade e acabou falecendo em 2020, por decorrência da Covid-19.

O prefeito do município, Odilon Ribeiro, recebeu positivamente a ação. "Parabéns aos idealizadores do projeto. É uma iniciativa louvável em prol da educação infantil, da preservação do meio ambiente e, também, de ressocialização para os internos. Nosso CMEI ficará ainda mais bonito e divertido para as crianças com esse parquinho, não temos dúvidas! Ficamos felizes em vê-lo sendo contemplado", pontua.

Conforme o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, esse trabalho é realizado por muitas mãos em benefício social. “O trabalho inicia dentro do presídio, finaliza na escola, e vai muito além de apenas brinquedos, são carregados de histórias e esperança de uma sociedade melhor”, destaca.

Tatyane Santinoni, Agepen

Fotos: Divulgação

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias